sábado, 5 de novembro de 2011

De férias da Polícia, por Lili


De férias em outro Estado, a inspiração foi para falar da viagem mesmo.  Os leitores conhecerão algumas impressões sobre este paraíso. 

Assim, graças ao acaso, desta vez meu espírito aventureiro me levou a Bonito, no Mato Grosso do Sul e pude entender porque o adjetivo deu nome à cidade.



Bonito é bonito mesmo, desde os telefones públicos em forma de animais da região, passando pela natureza, até o sorriso e receptividade dos bonitenses. Talvez, um filho mais novo de Búzios/RJ, mas ostentando ares de cidade pequena.





A cidade dos peixes e seus arredores merecem ser contemplados sem pressa. Desvendar seus tesouros a perder de vista proporciona à alma espetáculos que se inscrevem para sempre na lembrança.

Cidade pequena, nova e bem cuidada. Mais graciosa à noite do que de dia, porque a maior parte de seus habitantes temporários (os turistas), neste período, estão escarafunchando por algum espetáculo da natureza.

Lá o viajante é bem mimado, há aquela curiosidade - típica de cidade pequena - em relação a tantos estrangeiros, mochileiros e turistas de todos os tipos. Basta entrar num comércio e lá vejo o proprietário garboso e a pergunta  logo vem: - De onde você é?

Percebi que muitos donos de lojas e restaurantes deixaram suas cidades para fazer vida por lá, como dono do Restaurante da Vovó, que tive o prazer de bater um papo.

Sabe, no primeiro dia a gente fica meio abestalhado... tantos cartazes alocados na agência de turismo dentro do hostel onde estava hospedada (não está sobrando um “s”, é hostel mesmo = Albergue da Juventude, com direito a piscina, cozinha coletiva asseadíssima, funcionários bem preparados e todo tipo de acomodação); voltando aos cartazes, me embaralhei com aqueles trinta e tantos passeios existentes. Por isso, aluguei uma bike, a recepcionista me deu um mapa e rumei para o Balneário Municipal - mais ou menos 9 km (ufa!) só de ida - passei pelo centro da cidade, onde deparei com esta bela obra de arte que representa a principal beleza e riqueza da cidade.


Pedalando pelo centrinho, resolvi entrar na agência de turismo Ar, deixei a bicicleta na rua - sem receio algum - e comprei um passeio de Boia Cross para rio que passa pelo Parque Ecológico de Formosa.

Mais tarde, o dono Hostel, Sr. Luiz Octavio, contou-me que a proprietária de lá é uma lúcida senhora, contando com seus 90 anos de idade. Há uns 20 anos, ela demandou na justiça no intuito de conseguir que a construtora que deixara um buraco em sua propriedade,  direcionasse a água do rio, de modo a transformar a cova num lago. Venceu! Lago que virou cartão postal.


Enquanto descansava do frenético boia cross, um rapaz comunicativo aproximou-se e contou-nos que deixara seu país, Argentina, e estava bem satisfeito por lá. Ele é o idealizador de um passeio radical e ecológico: “O Bike Lobo Guará”.

0s peixes foram as estrelas do espetáculo na flutuação do Rio da Prata. Na fazenda que abriga o rio, tudo é organizado: caminhões pau de arara, barco de apoio e almoço caseiro.

Quem flutua somos nós com roupa de neoprene e cara afundada no rio, quando um novo universo se apresenta numa grandeza que encanta, o fundo do rio oferece à vista sua rica biodiversidade, e não estou falando de peixinhos, a maioria deles com mais de 30 cm.

O Kiko, nosso guia, teve a argúcia de com poucas palavras transmitir tudo que precisávamos saber. Entendemos que não se desesperando tudo daria certo. O rio em sua maior parte não dá pé, então é necessário calma para flutuar, não precisa saber nadar porque a tal roupa especial contribui para a flutuação.  

À noite fui provar o pastel de carne de jacaré. Conversei com a proprietária que me explicou que há uma política na região no sentido de substituir a carne de peixe pela de jacaré.  

Se algum artista ou sonhador se perdesse nas entranhas da Caverna da Lagoa Azul perguntaria por que capricho aquela lagoa jaz no fundo da caverna, onde acredito que inspiração viria. Perguntei ao guia se poderia passar uma tarde lá escrevendo.  Ele respondeu que não.

11 comentários:

  1. Que passeio legal! Estamos diante de uma viajante que se delicia com as belezas naturais e ainda tem disposição para andar de bike e mergulhar! Sensacional!!

    Que bom que a bike não desapareceu de seus olhos...
    falta agora conhecer salvador. Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Dr. Lázaro, vc tem razão a natureza de lá me encantou mesmo. Dizem que em Bonito quase não há furto, roubo... Eu já tive o prazer de passar uma semana maravilhosa em Salvador, quero voltar.
    Abraços Lili

    ResponderExcluir
  3. Oi Lilian, parabéns pelo Post, fiquei com vontade de conhecer Bonito, quem sabe na próxima viagem. No momento estamos em Natal. Grande abraço e bom feriadão.
    Junior

    ResponderExcluir
  4. Vejo que a postagem serviu para alguma coisa então risos. Sabe, eu tinha comentado com o Victor sobre vocês e as crianças e o tanto que a Gi curte piscinas... e, logo em seguida, vi seu comentário sabendo que vcs tb estão de férias...
    Estarei em Curitiba de 24/12 a 01/01/2013 espero vê-los. Cutam muito Natal!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lili, bem bacana o relato. E as fotos estão muito legais também. Lembrei dos belos passeios em Bonito. Que vontade de voltar! bjs Teresa (colega de quarto no albergue)

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga! que saudade do cê... parece que tiramos férias uma da outra né? volta logo para a gente fazer aquela reflexão sobre o Blog, bj, Paty

    ResponderExcluir
  7. Lilizinha, que saudades de vc. Amei as postagens. Adoro a natureza. Havia programado ir a este lugar este ano, porém não deu. Beijocas! Cléia.

    ResponderExcluir
  8. Oiiiii Cléia, pois é, deixei as férias todas para o final de ano.... agora em Fortaleza, crê? Lembrei das meninas vendo a galera patinar lá na orla... vc chegou conhecer Canoa Quebrada e Geri?

    ResponderExcluir
  9. Essa PCDF é uma mãe, hein?
    kkkkkkkkkkk

    Pode deixar quando eu for antigona também vou tirar férias no final do ano...
    : )

    Lili!!! Espero que tanhas descansado bastante, renovado as energias porque no ano que vem espero aprender muito aqui no blog de vocês.

    Um beijinho bem carinhoso pra você!
    Bom Natal!!!

    : )

    ResponderExcluir
  10. Essa PCDF é uma mãe, hein?
    kkkkkkkkkkk

    Pode deixar quando eu for antigona também vou tirar férias no final do ano...
    : )

    Lili!!! Espero que tanhas descansado bastante, renovado as energias porque no ano que vem espero aprender muito aqui no blog de vocês.

    Um beijinho bem carinhoso pra você!
    Bom Natal!!!

    : )

    ResponderExcluir